carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

4 de novembro de 2021

ASCOM GABINETE SEMED

Alunos são prejudicados por causa de furtos de fios em escolas

Nos últimos dias, duas unidades ficaram sem aula após invasões

Furtos de fios e cabos elétricos em escolas da Rede Municipal de Ensino acabaram por deixar dezenas de estudantes sem aula, na última quarta-feira (3). Em uma das duas escolas furtadas, os criminosos ainda tiveram a audácia de voltar a invadir dois dias depois.

As escolas Ruth Rocha, localizada no bairro Nova Brasília, e a Parque dos Pioneiros, localizada no bairro Parque dos Pioneiros, foram invadidas por marginais para furtar fios e cabos das redes elétricas.

No domingo (31), a Ruth Rocha foi invadida e os marginais levaram entre 50 e 60 metros de cabos do tipo 70mm, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 5 mil à escola, segundo o diretor da unidade, Natal Messias da Silva.

Na Escola Parque dos Pioneiros os criminosos foram ainda mais petulantes. Eles invadiram a escola na segunda-feira (1º) e levaram cerca de 100 metros de fio 10mm e 80 metros de cabo 16mm. Não satisfeitos, os bandidos voltaram à Parque dos Pioneiros, na quarta-feira (3), porém, de acordo com a diretora Marcia Regina Soares, alguma coisa os espantou, que chegaram a cortar alguns cabos, mas não conseguiram levar.

Marcia explicou que precisou dispensar os alunos do período matutino, aproximadamente 100 crianças de 1º ao 4º ano, por causa da falta de energia elétrica na escola, provocada pelo furto dos fios.

“Tivemos que emendar algumas extensões para ligar os freezers da cozinha. Por pouco não perdemos carnes e verduras que utilizamos para a merenda das crianças”, lembrou a diretora da Escola Parque dos Pioneiros.

As duas escolas são monitoradas por uma empresa de segurança. Mas, até o momento, os responsáveis pela empresa contratada não se pronunciaram. Os furtos e invasões às escolas foram devidamente relatados em Boletins de Ocorrência, na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), para que sejam tomadas as medidas necessárias.

Matéria e fotos: Cristian Menezes