carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

26 de agosto de 2021

ASCOM GABINETE

Isaú Fonseca participa de cerimônia do Dia do Soldado 

Solenidade aconteceu nesta quarta-feira, no 2º BPM 

O Prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca (MDB), participou da formatura em comemoração ao Dia do Soldado, celebrado nesta quarta-feira, dia 25 de agosto. A solenidade foi realizada pela manhã, na sede do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) de Ji-Paraná.
A comemoração contou com a presença de autoridades da Polícia Militar de Rondônia (PMRO), empresários locais, alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) e dos projetos esportivos oferecidos pela PM, além de familiares dos policiais.
Presente na cerimônia, o Prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca, destacou o avanço do trabalho da PM no Município e parabenizou toda a corporação do 2º BPM pelo Dia do Soldado, comemorado em homenagem a Duque de Caxias.
“O trabalho da Polícia Militar, em Ji-Paraná, é de suma importância. São eles que preservam a ordem em nosso município e se dedicam, diariamente, para proteger toda a população”, parabenizou Isaú.
Em 2020, devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a cerimônia do Dia do Soldado não pode ser realizada. Neste ano, com o avanço da vacinação em Ji-Paraná e queda no número de casos da doença, o evento voltou a ocorrer, respeitando os protocolos de segurança e prevenção da Covid.
“As formaturas militares fazem parte do trabalho da Polícia Militar. O termo militar envolve vários aspectos, como disciplina, hierarquia e respeito. As formaturas fazem parte de uma estratégia para exercitar esses atributos. Estamos muito felizes de, depois de um ano sem poder fazer a formatura, voltarmos a realizar essa cerimônia”, detalhou o Coronel PM João Severino Sena Neto, coordenador do 2º Comando Regional de Policiamento (CRP-II).
O comandante do 2º BPM de Ji-Paraná, Tenente Coronel PM Yuri Frota Ribeiro Sales, falou sobre a mudança na rotina de trabalho dos policiais durante as ações de combate ao novo coronavírus.
“Foi um trabalho exaustivo e bem complexo, pois não estávamos lidando apenas com as nossas atividades operacionais, tivemos um adicional. Além daquilo já fazíamos, com o policiamento ostensivo, a preservação à ordem pública e atendimento à população, também auxiliamos os órgãos de Saúde e de fiscalização sanitária nos trabalhos contra as aglomerações”, explicou o Tenente Coronel Frota.

Matéria: Marco Bernardi
Fotos: Arquivo Ascom