carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

11 de novembro de 2021

ASCOM GABINETE SEMUSA

Ji-Paraná completa um mês sem mortes por Covid-19

Último óbito registrado pela doença foi em 8 de outubro

 

A cidade de Ji-Paraná completou, nesta semana, um mês sem registrar mortes de moradores em decorrência do novo coronavírus (Covid-19). De acordo com os dados da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), a última vítima da doença foi uma idosa, de 73 anos, que faleceu em 8 de outubro.

De acordo com o Boletim Epidemiológico Diário, no mês de outubro, o município registrou 185 novos casos de Covid-19. Quando comparados a março, quando Ji-Paraná teve 3.969 registros, a queda no número de casos é superior a 95%.

O Prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca (MDB), alertou que que, mesmo com a grande queda nos números da Covid, a população deve se manter atenta aos cuidados e medidas de prevenção contra a doença.

“Hoje estamos em um momento positivo, com o município passando um mês inteiro sem registrar óbitos da doença. Mas, enquanto não vencermos totalmente essa doença, temos que nos manter alertas, para que não sejamos pegos de surpresa por uma terceira onda”, alertou Isaú.

A titular da Semusa, Wanessa Oliveira e Silva, atribuiu a queda nos registros de novos casos e, principalmente, óbitos ao avanço da campanha de vacinação contra a Covid. Mais de 90 mil pessoas já receberam ao menos a primeira dose.

“Estamos com cerca de 70% da população de Ji-Paraná com a primeira dose, além de mais de 58 mil pessoas vacinadas com a segunda dose, ou a vacina de dose única. Essa foi a determinação do Prefeito Isaú Fonseca, que vacinássemos o maior número de pessoas e o mais rápido possível”, explicou Wanessa.

Nesta semana, a Semusa seguiu com a aplicação da segunda dose da vacina Pfizer, com drive-thrus realizados na quarta (10) e na quinta-feira (11). Na próxima quarta-feira, 17 de novembro, será a vez da segunda dose da Astrazeneca. Na segunda (15), será divulgado o calendário semanal, com mais informações sobre local e horário da ação.


Matéria: Marco Bernardi
Fotos: Arquivo Ascom