carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

27 de julho de 2021

ASCOM SEMED

Retorno às aulas: “responsabilidade acima de tudo”, diz Jeferson Barbosa

Em entrevistas realizadas em duas emissoras de TV locais, o secretário de Educação de Ji-Paraná Jeferson Barbosa enfatizou a responsabilidade que o Município precisa ter com seus profissionais da educação e com os alunos em relação ao retorno às aulas. O secretário informou também que a data mais provável para o retorno às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino seria no mês de outubro.

“A gente quer retornar, mas desde que haja total segurança para os professores, os profissionais de apoio e os alunos. A previsão é que retornemos em outubro, desde que estejamos totalmente preparados para isso”, explicou Jeferson em entrevista.

Segundo o secretário, reuniões têm sido realizadas com diretores das escolas, buscando ouvir a opinião deles e dos professores sobre o retorno às aulas presenciais.

Jeferson também disse que, em reunião com o prefeito Isaú Fonseca (MDB), na última semana, a determinação é de que o retorno aconteça de forma responsável para que não seja posto em risco todo o trabalho de combate à pandemia que tem sido desenvolvido no Município.

 

Ações paralelas

O secretário de Educação de Ji-Paraná também lembrou que as aulas não presenciais retornarão no período determinado no Calendário Escolar 2021, bem como terão continuidade algumas ações que visam minimizar os problemas advindos com a pandemia da Covid-19, como a entrega de kits alimentação escolar feita neste mês de julho e a entrega dos kits alimentação escolar da agricultura familiar, que deve acontecer no próximo mês de agosto, com mais de 7,5 mil alunos sendo beneficiados.

“Além da prioridade do retorno às aulas de forma não presencial, temos nossas ações como a entrega de kits alimentação escolar e a conclusão do processo para a aquisição de notebooks para todos os professores da Rede Municipal de Ensino. Estamos também providenciando a instalação de lavabos em todas as escolas da Rede, com espaçamento entre torneiras, dispensers para sabonetes e cubas já adequados às normas para o combate à pandemia. Quatro escolas já receberam os recursos municipais do Programa Financeiro de Autonomia Escolar (PROFAE) e já instalaram os lavabos e outras oito já estão com os recursos na conta para providenciar a instalação. Ou seja, mesmo sem o retorno das aulas presenciais neste momento, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), com toda a equipe técnica, não parou um só momento. Mantemos nosso atendimento aos nossos servidores, pais e alunos e vamos continuar fazendo o possível para cumprir com o Calendário Escolar deste ano da melhor forma possível”, concluiu Jeferson Barbosa.