carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

9 de abril de 2022

ASCOM GABINETE SEMAD

Alunos do Ifro pedem a distribuição gratuita de vales-transportes

A solicitação é que o benefício se estenda a todos os estudantes ji-paranaenses

 

Alunos do Instituto Federal de Rondônia (Ifro), campus de Ji-Paraná, estiveram reunidos, na terça-feira (15), com o secretário municipal de Administração (Semad), Jônatas França, para solicitar a gratuidade das passagens de ônibus aos estudantes de baixa renda do município.

De acordo com Emily Medina da Costa, aluna do 2º ano do curso técnico de química da instituição, o pedido de gratuidade se estende a todos os alunos de escolas públicas do município. Segundo ela, de 60 a 70% dos estudantes são de baixa renda e necessitam do subsídio.

“Nosso pedido é não apenas para atender aos alunos do Ifro, mas a todos os estudantes do município. Esse é um clamor dos pais por pesar muito [custo das passagens] no orçamento das famílias”, lembrou Emily Costa. Ela também sugeriu que o benefício seja estendido a jovens que participam de projetos sociais.

A reunião foi acompanhada pelo presidente da Câmara Municipal de Ji-Paraná (CMJP), Weliton Fonseca (MDB), que se comprometeu a discutir o assunto com o Prefeito Isaú Fonseca, para que um projeto de lei seja enviado à CMJP para concessão da gratuidade. Ele previu que até 20 mil vales-transportes sejam oferecidos aos estudantes ji-paranaenses.

O diretor de Ensino do Ifro, Cleison Guardia, que participou da reunião, elogiou a iniciativa dos alunos. Guardia afirmou que a reivindicação do grupo deve beneficiar milhares de estudantes com o vale-transporte estudantil integral. “Decidimos intervir nesta questão para favorecer a comunidade”, admitiu.

O secretário Jônatas França considerou justa a solicitação e garantiu que o pedido terá prioridade da administração municipal. França também observou que serão necessárias alterações nos trajetos e horários dos ônibus para atender a maior quantidade de alunos nos bairros da cidade.

O transporte público foi paralisado em março de 2020, com o início da pandemia de Covid, e estava totalmente suspenso desde 30 de novembro de 2020. Neste ano, no dia 7 de fevereiro, o transporte coletivo urbano retornou por decisão do prefeito Isaú Fonseca, atendendo à população carente do município. A medida beneficia principalmente pessoas idosas e estudantes.