carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

16 de fevereiro de 2022

AMT ASCOM GABINETE

AMT busca recursos para implantar sistema de monitoramento

Convênio destinado pelo Detran é de aproximadamente R$ 6 milhões

 

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMT), busca a liberação dos recursos para implantar o sistema de monitoramento no município. O convênio destinado pelo Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), é de aproximadamente R$ 6 milhões.

Nos últimos dias, o presidente da AMT, Oribe Alves Júnior, participou de uma série de reuniões para tratar sobre a implantação do sistema de segurança. O chefe da autarquia se encontrou com empresários locais e com representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ji-Paraná e da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip).

Na última quinta-feira (10), a reunião foi com a direção da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Ji-Paraná, que apresentou um estudo com as principais rotas de acesso ao município. Segundo o presidente da AMT, o sistema de monitoramento será instalado em 20 pontos do município.

“Vamos priorizar os principais acessos de Ji-Paraná, além dos pontos comerciais, como as avenidas Brasil e Marechal Rondon. Escolas e igrejas também serão contempladas, proporcionando mais segurança para as famílias e aos empresários de nosso município”, afirmou Oribe Júnior.

Nesta segunda-feira (14), o presidente da AMT foi recebido pelo assessor de Assuntos Estratégicos da Casa Civil de Rondônia, coronel Felipe Bernardo Vital, representando o titular da pasta, José Gonçalves Júnior.

“O Prefeito Isaú Fonseca determinou que a AMT se empenhasse ao máximo para acelerar a liberação desse convênio do Detran. Com isso, fomos à Casa Civil, onde fomos muito bem recebidos pelo coronel Vital, para buscar esse importante recurso ao município”, explicou Oribe.

O vereador Wanderson Araújo (PSB), o supervisor de Assuntos Administrativos da Prefeitura de Ji-Paraná, Edilson Vieira, e o titular da Secretaria Municipal de Governo (SEMG), Wellington Dias, também participaram da reunião com o assessor da Casa Civil.

A expectativa da Administração Municipal é de que o sistema de monitoramento comece a ser instalado ainda no primeiro semestre de 2022. O sistema será gerido pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da AMT, mas servirá de apoio às ações dos grupos de Segurança Pública, como a Polícia Militar (PM), PRF, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Matéria: Marco Bernardi
Fotos: Arquivo AMT