carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

9 de junho de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMUSA

Ministério da Saúde prorroga campanha contra gripe e sarampo

Vacinas seguem disponíveis aos grupos prioritários até 24 de junho

 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) e Sarampo foi prorrogada, pelo Ministério da Saúde, até o dia 24 de junho. As vacinas são direcionadas a diferentes públicos e seguem disponíveis, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de segunda a quinta, das 8h às 11h e das 14h às 17h, e sexta-feira, das 8h às 13h.

A vacina contra a gripe é destinada a profissionais da Saúde, idosos, indígenas, gestantes e puérperas, crianças e profissionais da Educação, profissionais de segurança e salvamento, caminhoneiros e motoristas, população privada de liberdade e pessoas com deficiência permanente ou comorbidades.

Já a Tríplice Viral, vacina que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, é voltada aos profissionais de Saúde e crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), indiscriminadamente, independente da situação vacinal de cada um.

Segundo o Ministério da Saúde, a campanha foi prorrogada por conta da baixa procura, em nível nacional, pelos imunizantes. Em Ji-Paraná, mais de 9 mil pessoas receberam a vacina contra a Influenza, o que corresponde a pouco mais de 23% do público alvo.

“Além das UBSs, também realizamos ações pontuais, no shopping e em supermercados, para facilitar o acesso à vacinação. Precisamos da colaboração da população, que o público-alvo procure a vacinação, pois só assim vamos conseguir bater as metas e nos proteger contra a gripe e sarampo”, pediu Verediany Nascimento Araújo, diretora da Gerência de Vigilância em Saúde da Semusa.

A meta, estabelecida pelo Ministério da Saúde, é de que cada município vacine 90% do público-alvo contra Influenza e 95% contra sarampo. A vacina contra a gripe é eficaz contra as variantes H1N1, H3N2 e tipo B, incluindo a cepa Darwin, que provocou um surto da doença, em vários estados brasileiros, no fim do ano passado.

A partir do dia 25 de junho, estados e municípios poderão ampliar a campanha contra a gripe para toda a população a partir de 6 meses, enquanto durarem os estoques da vacina Influenza. Já a imunização contra o sarampo faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e os imunizantes estão disponíveis durante todo o ano.