carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

17 de junho de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMES

Projeto Bom de Bola, Melhor na Escola é lançado em parceria com a Semes

Serão atendidos cerca de 300 crianças e adolescentes de diversos bairros

Atendendo crianças e adolescentes de 2 a 18 anos, foi lançado, na terça-feira (14), o projeto esportivo, social e de inclusão “Bom de Bola, Melhor na Escola”, coordenado pelo desportista Cléberson Jair Patrício de Oliveira, o Biro-Biro. Cerca de 300 crianças, de diversos bairros da cidade serão atendidos.

A solenidade de apresentação aconteceu nas dependências do ginásio Gerivaldão, com presença da secretária de Esportes, Sônia Reigota, presidente da Câmara Municipal de Ji-Paraná, Welinton “Negão” Fonseca, apoiadores e criança (alunos) do projeto Bom de Bola, Melhor na Escola.

A iniciativa vai oferecer modalidades de futebol de campo e futsal e será realizado em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Esportes (Semes), Associação Atlética Banco do Brasil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Associação dos Servidores Públicos Municipais (ASSM), entre outros.

A secretária da Semes, professora Sônia Reigota, elogiou o trabalho que oferece oportunidade de aprendizado a crianças, principalmente nos bairros e comunidades menos assistidas. “É importante essa parceria de incentivo à iniciação esportiva. A Semes vai estar sempre de forma progressiva, apoiando estes projetos”, admitiu.

Na solenidade, também foi feita entrega simbólica de materiais como redes, bolas, cones e troféus, doados pelo vereador Welinton Negão e Semes. O projeto Bom de Bola, Melhor na Escola deverá receber novos materiais esportivos e uniformes. Eles serão doados por entidades e empresas parceiras.

O objetivo do projeto é proporcionar, pelo esporte, a formação de caráter do cidadão. É exigido que crianças e adolescentes estejam regularmente matriculados em escolas. “Em caso de ausência na sala de aulas, ou queda nas notas escolares, ele será suspenso dos treinamentos, até que se recupere”, frisou Biro-Biro.

Segundo ele, a princípio, o projeto funcionará com atendimentos na quadra do ginásio Gerivaldão, bairro São Francisco, Escola Estadual Marechal Rondon, quadra da Escola Municipal Jamil Vilas Boas, CRAS Roda Moinho e campo da Associação dos Servidores Municipais. “Já temos solicitação para atender outros locais, como bairros Primavera, Habitar Brasil, Novo Ji-Paraná, Distrito de Nova Londrina e Setor Riachuelo”, confirmou.