carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

9 de abril de 2022

ASCOM GABINETE SEMOSP

Semosp segue com trabalhos do Programa Poeira Zero

Ruas estão sendo preparadas com base e sub-base

 

Seguem em ritmo intenso os trabalhos da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), com o Programa Poeira Zero, da Prefeitura de Ji-Paraná, e Tchau Poeira, do Governo de Rondônia. Na primeira fase, estão sendo preparadas as ruas com escavação e assentamento de pedras, em um processo chamado de base e sub-base.

De acordo com o secretário da Semosp, Cleber Littig Bruscke, até o dia 1º de abril, os trabalhos seguem no bairro Riachuelo (2º distrito), com os serviços de base e sub-base, em cerca de quatro quilômetros entre as ruas Padre Sílvio Micheluzzi (T-2), Carlos Luz (t-3), Nereu Ramos (T-4) e início da Feijó.

Cleber Littig Bruscke afirmou que, na sequência, a equipe da Semosp vai se deslocar para o bairro Nossa Senhora de Fátima (também no 2º distrito), onde os serviços avançarão nas ruas Adolf Fuhrmann (T-27), Boa Vista (K-1) e Guanabara (K-4), permanecendo por lá até o fim de abril, com a preparação da base que posteriormente receberá a massa asfáltica.

“No princípio do mês de maio, quando as chuvas derem uma amenizada boa, nós entraremos com a pavimentação asfáltica, nestes seis ou sete quilômetros de ruas que já recebem compactação, base e sub-base”, adiantou Cleber Littig.

O Governo de Rondônia está investindo, em Ji-Paraná, 20 milhões para a aquisição da massa asfáltica necessária para alcançar 63 quilômetros de pavimentação, por meio do Programa Tchau Poeira. A Prefeitura, que conta com o maquinário e pessoal próprios, ficará com a execução da obra.

A previsão é que cerca de 100 quilômetros sejam executados neste ano, unindo os dois programas. O Prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca, destacou que o maior desafio é de executar as obras em plena época de chuva.

“Mesmo no período chuvoso, estamos mantendo celeridade nas obras, conforme nosso compromisso. Não vamos parar nem na chuva, vamos trabalhar firme para cumprir essa meta”, lembrou Isaú Fonseca.